Projetos em execução


 

Dragonfly (UIDP/05567/2020/02)

logo Título: Implementação de um sistema robótico móvel para monitorização da qualidade de águas superficiais
Parceiros: CIMT
Investigadores: Manuel Barros, Carlos Ferreira, Pedro Granchinho, Pedro Neves, Hugo Magalhães, Henrique Pinho
Data: 2020-06-01 - 2023-06-30
Estado: Em execução
url:
Descrição: O objetivo do projeto Dragonfly consiste em implementar tecnologias de base para a implantação e gestão de uma estrutura móvel de aquisição de dados com boa relação custo-benefício para monitorizar remotamente a qualidade da água com vista à proteção contra a poluição de reservatórios de água doce. O módulo é composto por diversos sub-sistemas optimizados para a recolha de dados relevantes da qualidade da água e a sua transmissão em tempo real para uma unidade central de monitorização e controlo. Os dados permitirão identificar focos de contaminação e sua evolução, sendo por isso uma ferramenta de tomada de decisão para despoletar os mecanismos de proteção do ambiente e levar à rápida identificação das origens do(s) problema(s) e respetiva resolução.

H2-REnWaste (UIDP/05567/2020/01)

logo Título: Produção de Hidrogénio a partir de energia renovável e utilização de águas residuais
Parceiros: CIMT
Investigadores: Paulo Coelho, Mário Gomes, Henrique Pinho, José Fernandes, Valentim Nunes, Marco Cartaxo, Carlos Pereira
Data: 2020-06-01 - 2023-06-30
Estado: Em execução
url:
Descrição: O projeto H2-REnWast visa instalar um eletrolisador no campus do IPT. De modo a explorar a potencialidade de se produzir Hidrogénio “+Verde”, o eletrolisador será integrado com o parque solar do IPT (fotovoltaico - PV), armazenamento de hidrogênio e uma pequena célula combustível para reeletrificação. Para o efeito para além de se utilizar energia de fontes renováveis (H2 Verde), e de modo a tornar o processo ainda +Verde, está a estudar-se o aproveitamento de águas residuais tratadas. A planta será operada em múltiplas configurações emuladas (armazenamento de energia, microrrede, produção de combustível). O Hidrogénio está cada vez mais a ser visto como um vetor energético muito relevante, tanto a nível europeu como nacional. O IPT faz parte de um grupo de trabalho criado pela CIMT para tornar o Médio Tejo numa “Região do Hidrogénio”.

SmartBASE (UIDB/05567/2020/00)

logo Título: Infraestrutura e ambiente de suporte para projetos inteligentes
Parceiros: NA
Investigadores: Luís Oliveira, Renato Panda, Pedro Correia, Paulo Coelho, Henrique Pinho
Data: 2020-06-01 - 2023-06-30
Estado: Em execução
url:
Descrição: O projeto tem como objetivo proceder à implementação de recursos partilhados de hardware e software disponíveis para todos os projetos e áreas temáticas do Ci2.

SmarterCW (UIDP/05567/2020/03)

logo Título: Monitorização inteligente de zonas húmidas construídas e de outras tecnologias de tratamento de águas residuais para aumento da sua eficiência e da qualidade da água tratada
Parceiros: NA
Investigadores: Henrique Pinho, Luís Oliveira, Manuel Barros, Carlos Ferreira, Dina Mateus
Data: 2020-06-01 - 2023-06-30
Estado: Em execução
url:
Descrição: O projeto visa criar uma estrutura para permitir a monitorização remota e em tempo real dos processos de tratamento biológico de águas residuais, através da aquisição de dados de sensores de parâmetros da qualidade da água e do meio ambiente. O tratamento dos dados adquiridos permite estudar o conjunto de mecanismos complexos que afetam o desempenho do tratamento, e assim contribuir para otimizar e aumentar a sustentabilidade dos processos de tratamento de águas residuais.

B-RELIABLE (SAICT/30935/2017)

logo Título: Métodos para melhoria da fiabilidade e a interação em sistemas de interface cérebro-máquina através da integração da deteção automática de erros
Parceiros: UC-ISR, UC-ICNAS, IPT-VITA
Investigadores: Gabriel Pires, Ana Lopes, Miguel Castelo-Branco, Urbano J. Nunes, João Paulo, Aniana Brito, M. Simões
Data: 2018-06-20 - 2021-06-19
Estado: Em execução
url: ficha do projecto / website
Descrição: Pesquisa e Desenvolvimento de novos métodos, modelos teóricos e computacionais e respetiva validação experimental, em sistemas centrados no homem, utilizando interfaces cérebro-máquina/computador (BMI/BCI).

INFANTE (CENTRO-01-0246-FEDER-000017)

logo Título: Precursor para constelações de microssatélites para aplicações marítimas
Parceiros: AST, GMV, HPS, Omnidea, Spinwork, CEIIA, FCT-UNL, FEUP, INL, IPN, ISEP, ISQ, ISR Lisboa, IT, UBI
Investigadores: Carlos Ferreira
Data: 2017-11-01 - 2020-10-31
Estado: Em execução
url: ficha do projecto / website
Descrição: O projeto INFANTE consiste numa joint venture para o desenvolvimento e demonstração em órbita de um microssatélite como precursor de uma constelação de satélites para vigilância marítima, observação da Terra e comunicações entre satélites e estações terrestres. O projecto é liderado pela empresa TEKEVER, mas reúne outras empresas portuguesas (como Active Space Technologies, GMV, HPS, Omnidea e Spinwork), unidades de I&D de referência como CEIIA, FCT-UNL, FEUP, INL, IPN, ISEP, ISQ, ISR Lisboa, IT Aveiro e UBI, e também organizações internacionais como a Innovation Academy for Microsatellites da Chinese Science Academy.

 

projectos
publicações
contactos
Unidade financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia